Ali Yahya/Unsplash
Foto
Ali Yahya/Unsplash

Prémio José Luís Peixoto tem 2000 euros para melhor poesia

Até 27 de Abril, jovens que completem 25 anos até 31 de Dezembro de 2018 podem concorrer com trabalhos de poesia

O município de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, anunciou que vai promover, este ano, a 12.ª edição do Prémio Literário José Luís Peixoto, destinado a premiar trabalhos inéditos na modalidade de poesia.

Criado em 2007, o Prémio Literário José Luís Peixoto tem como directiva, em anos pares, premiar trabalhos inéditos na modalidade de poesia e, em anos ímpares, trabalhos de conto. Segundo a Câmara de Ponte de Sor, o concurso, de âmbito internacional, está aberto a cidadãos de nacionalidade portuguesa e a naturais e/ou residentes em países de língua oficial portuguesa.

Além de homenagear o escritor José Luís Peixoto, natural de Galveias, no concelho de Ponte de Sor, o município salienta que a iniciativa pretende ainda incentivar a criatividade literária entre os jovens, assim como o gosto pela leitura.

A este concurso podem concorrer jovens que completem 25 anos até ao dia 31 de Dezembro de 2018. O município de Ponte de Sor vai receber os trabalhos enviados pelos concorrentes até ao dia 27 de Abril. Há 2000 euros em prémios: 1000 para o melhor trabalho de autores naturais e/ou residentes no concelho de Ponte de Sor e 1000 para autores que não residam ali.

Em 2017, o prémio, na modalidade de conto, destinado a jovens naturais ou residentes em Ponte de Sor, recaiu no trabalho Fragmento de mim, da autoria de Sónia Pedro (com o pseudónimo de Inês Monteiro), ao passo que o texto vencedor na categoria de não-naturais ou não-residentes no concelho alentejano foi O corpo persiste, de André Volpato (com o pseudónimo de Edna R. Cun).