Sonae Sierra e Impresa Pizzarotti parceiros em projecto de 200 milhões

A Sonae Sierra e a Impresa Pizzarotti & c. S.p.A. vão desenvolver em parceria um projecto de reconstrução urbana de 200 milhões de euros em Parma, Itália, que engloba um centro comercial e um retail park.

Foto
A Sonae Sierra é dona do Centro Comercial Colombo, em Lisboa. Rui Gaudencio

Em comunicado, os promotores adiantam que o novo destino comercial será desenvolvido por uma joint venture detida por ambos em partes iguais, estando a abertura do projecto – que prevê 74.000 metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL) e 170 lojas, o que faz do empreendimento “um dos maiores” no norte de Itália - prevista para o outono de 2019.

A Sonae Sierra ficará responsável pela gestão e comercialização do centro comercial e do retail park, sendo o investimento previsto de 200 milhões de euros “parcialmente financiado por um conjunto de bancos representados pelo UniCredit, como agente bancário, e pelo Banca IMI e Banco BPM”.

“O projecto situa-se a norte de Parma, perto do Centro de Feiras e Negócios da cidade, e será desenvolvido a partir da reabilitação de uma zona industrial abandonada que outrora acomodou as instalações de uma fábrica de cozinhas de uma histórica marca italiana”, referem a Sonae Sierra e a Impresa Pizzarotti & c. S.p.A, empresa que opera a nível internacional nos sectores das infraestruturas, energia e construção.

Segundo adiantam, o projecto será implantado numa área de cerca de 300.000 metros quadrados e inclui um centro comercial com 53.000 metros quadrados de ABL e um retail park adjacente com uma ABL total de perto de 21.000 metros quadrados, estando previstos mais de 5100 lugares de estacionamento.

“O novo destino comercial irá beneficiar de uma área de influência inter-regional com mais de 700.000 habitantes a 45 minutos de distância”, referem os promotores, adiantando que “os trabalhos de construção já começaram” e “mais de 30% da ABL total está comercializada”.

Citado no comunicado, o director da área de Desenvolvimento da Sonae Sierra em Itália, Marco Pellizzari, afirma que este novo projecto “representa mais um passo no crescimento da actividade da Sonae Sierra em Itália”, estando “totalmente alinhado com o posicionamento e estratégia da companhia, que definiu como um dos seus objectivos a criação de produtos adaptados ao mercado de investidores de imobiliário, através do desenvolvimento de projectos de elevada qualidade em mercados interessantes”.

Já o vice-presidente da Impresa Pizzarotti & c. S.p.A, Michele Pizzarotti, refere que o projecto “materializa o compromisso” da empresa “com o desenvolvimento de uma área industrial que irá tornar-se uma referência na região”, ocupando os terrenos da antiga fábrica Salvarani, cujos edifícios “serão reconstruídos e incluirão áreas de lazer e espaços verdes”.

“Acreditamos que tal representa uma óptima oportunidade para o município e para a cidade, não só ao nível do investimento financeiro das empresas que irão desenvolver o projecto (cerca de 10 milhões de euros para taxas de urbanização e construção e cerca de 20 milhões de euros para obras na envolvente do projecto, parcialmente já implementadas), como também ao nível dos impactos indiretos, seja pela criação de emprego, seja pela atratividade do projeto”, sustenta.