AfD ultrapassa SPD em sondagem

Partido extremista surge em segundo lugar com 16% num inquérito de opinião, sociais-democratas com 15,5%.

Foto
A AfD entrou pela primeira vez no Parlamento com 12,5% após as eleições de Setembro. CHRISTIAN BRUNA/EPA

O partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha ultrapassou pela primeira vez o Partido Social Democrata (SPD) numa sondagem do instituto INSA para o tablóide Bild: a AfD foi escolhida por 16% dos inquiridos e o SPD 15,5%.

A sondagem é feita quando SPD e CDU, de Angela Merkel, já anunciaram um acordo de coligação tipo “bloco central”, que críticos dizem que pode fortalecer os extremos, mas que é actualmente a única hipótese de um governo maioritário. Para ser realidade, falta ainda a aprovação da direcção da CDU e dos membros do SPD.

A mesma sondagem dá 32% dos votos à CDU, 13% aos Verdes, e os Liberais com 9%. Os liberais retiraram-se em Novembro de negociações para uma coligação com a CDU e Verdes. Os ecologistas têm nova liderança, pela primeira vez, dois líderes da ala centrista, sem um deles pertencer à ala esquerda.

Sugerir correcção