Back to black: a passadeira vermelha dos BAFTA

A 71.ª edição dos prémios britânicos juntou em Londres algumas das maiores estrelas de Hollywood.

Fotogaleria
Saoirse Ronan, nomeada para melhor actriz (pelo filme "Lady Bird)", vestiu Chanel LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Saoirse Ronan, nomeada para melhor actriz (pelo filme "Lady Bird)", vestiu Chanel LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Margot Robbie, noameada para melhor actriz (pelo filme "Eu, Tonya"), escolheu um vestido Givenchy, da colecção de Verão 2018 Reuters/HANNAH MCKAY
Fotogaleria
Frances McDormand, a vencedora de melhor actriz, ao lado do elenco de "Três Cartazes à Beira da Estrada". Apesar de não ter usado preto, disse no seu discurso que apoiava as "irmãs".,Frances McDormand, a vencedora de melhor actriz, ao lado do elenco de "Três Cartazes à Beira da Estrada". Apesar de não ter usado preto, disse no seu discurso que apoiava as "irmãs". ,
Fotogaleria
Angelina Jolie fez-se acompanhar por Loung Ung, activista de direitos humanos e autora de "First They Killed My Father". Para a cerimónia escolheu um vestido da marca britânica Ralph & Russo Reuters/HANNAH MCKAY
Fotogaleria
A Duquesa de Cambridge fugiu ao dress code da noite, com um vestido Jenny Packham Reuters/PETER NICHOLLS
Fotogaleria
Kate Mara escolheu um vestido da colecção de Inverno de Couture Christian Dior LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Lupita Nyong'o optou por uma criação Elie Saab LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Allison Janney, vencedora do prémio de melhor actriz secundária (pelo filme "Eu, Tonya"), optou por um vestido do criador Bibhu Mohapatra LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Jennifer Lawrence optou, como é costume, por um vestido DIor LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Octavia Spencer, nomeada para melhor actriz secundária (em "A Forma da Água") Reuters/HANNAH MCKAY
Fotogaleria
A actriz britânica Natalie Dormer, com um vestido Alberta Ferretti Reuters/HANNAH MCKAY
Fotogaleria
Helena Bonham Carter, com um vestido Vivienne Westwood LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Salma Hayek, com um vestido Gucci com detalhes florais LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Naomi Harris trouxe como convidada a britânica Afua Hirsch, autora do livro Brit(ish). Par a cerimónia escolheu uma túnica Zuhair Murad sobre umas calças pretas. LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
Emma Roberts optou por um vestido Schiaparelli LUSA/NEIL HALL
Fotogaleria
As actrizes britânicas Lily James and Gemma Arterton Reuters/PETER NICHOLLS
Fotogaleria
Greta Gerwig, nomeada para melhor realizadora, pelo filme "Lady Bird", com um vetsido Jonathan Cohen Reuters/PETER NICHOLLS
Fotogaleria
A actriz britânica Gugu Mbatha LUSA/ANDY RAIN

A cerimónia dos BAFTA juntou no domingo algumas das maiores estrelas de Hollywood – e membros da família real britânica –, na 71.ª edição da entrega de prémios, no Royal Albert Hall, em Londres. Tal como aconteceu nos Globos de Ouro, os convidados vestiram (quase todos) preto, em sinal de apoio aos movimentos contra o assédio e abuso sexual.

A começar por quem fugiu ao dress code subentendido – que nos Globos de Ouro foram três mulheres – Frances McDormand, vencedora do prémio de melhor actriz, pelo papel em Três Cartazes à Beira da Estrada (o grande vencedor da noite), admitiu no seu discurso de agradecimento que tem "alguma dificuldade com a obediência", mas deixou claro o seu apoio pelas "irmãs" em preto, unidas pela denúncia dos comportamentos abusivos em Hollywood.

Já a duquesa de Cambridge, que optou por um vestido verde escuro Jenny Packham, não ofereceu explicações. No entanto, nota o Business Insider, terá evitado o preto provavelmente para manter uma posição neutra em relação a uma questão política, uma vez que a família real quer-se neutral. Ainda assim, optou por um tom escuro – interpretado por muitos como um subtil aceno à causa.

Desde Jennifer Lawrence a Angelina Jolie, pela passadeira passaram algumas das maiores estrelas de Hollywood, inclusive as actrizes também nomeadas para os Óscares Saoirse Ronan, Margot Robbie, Allison Janney e Octavia Spencer. Na fotogaleria, em cima, mostramos-lhe alguns dos nomes mais célebres.

Pela passadeira vermelha passaram ainda membros do grupo feminista Sisters Uncut, que luta contra a violência doméstica. Em protesto contra as políticas da primeira-ministra, vestiram t-shirts com as palavras "Time's Up Theresa May" e deitaram-se na passadeira.