Hugo Soares sai da liderança parlamentar e Santana concorre ao Conselho Nacional

Saída da liderança parlamentar foi anunciada aos deputados, numa reunião à porta fechada. Entretanto, SIC Notícias noticiou que Santana será convidado para encabeçar a lista de Rui Rio ao Conselho Nacional.

Foto
Daniel Rocha

O actual líder parlamentar do PSD Hugo Soares vai deixar a liderança da bancada, anunciou esta quarta-feira à tarde aos deputados, numa reunião à porta fechada. Hugo Soares convocou eleições para a liderança da bancada que serão na próxima quinta-feira, após o congresso do partido deste fim-de-semana. 

Após as directas de 13 de Janeiro, o líder eleito do PSD acordou com Hugo Soares que este se manteria na liderança da bancada neste período de transição e que a avaliação dessa situação seria feita no momento do congresso. A poucos dias da reunião magna dos sociais-democratas, Hugo Soares – eleito em Julho do ano passado – anunciou que não está disponível para continuar, depois de Rio ter manifestado o desejo de trabalhar com outra direcção na bancada. 

Depois de dois vice-presidentes da bancada - Amadeu Albergaria e Sérgio Azevedo - terem colocado o lugar à disposição logo após as directas, esta manhã foi Carlos Abreu Amorim que se demitiu do cargo. Os três foram apoiantes de Santana Lopes na corrida à liderança o PSD. 

Enquanto ainda decorria a reunião, a SIC notícias anunciava que Rui Rio havia resolvido outra incógnita em aberto no partido: o futuro de Pedro Santana Lopes. "Rio fez ao seu adversário exactamente a mesma coisa que este disse que faria, caso chegasse a presidente do PSD: convidou-o para encabeçar a lista oficial ao Conselho Nacional do partido", escreveu o Expresso, depois de confirmar a mesma informação. Santana será, assim, o primeiro nome na lista do líder para o Conselho Nacional. Em 2010, também Pedro Passos Coelho convidou Paulo Rangel, seu opositor, para esse cargo.