Justiça

Roberto foi vítima durante sete anos de “quase escravatura”

Juíza considerou “excessivo” mandar prender casal que maltratou e explorou jovem entre os 16 e os 23 anos. Acusados pelo crime de tráfico de pessoas, foram condenados com uma pena suspensa.