Cinco mortos por tiros no Kentucky

Homem armado matou duas pessoas num local e duas noutro antes de morrer.

Desde o início ano já houve dezenas de ataques a tiro nos EUA, incluindo 11 em liceus
Foto
Desde o início ano já houve dezenas de ataques a tiro nos EUA, incluindo 11 em liceus RICK WILKING/Reuters

Cinco pessoas, incluindo o homem que se suspeita ter sido o autor dos crimes, morreram este sábado no nordeste do estado norte-americano do Kentucky.

A polícia recebeu o primeiro alerta eram cerca das 16h (hora local), num telefonema para o número de emergências, relatando disparos numa casa numa zona rural a cerca de 160 quilómetros de Louisville, a maior cidade do estado, disse no Facebook o xerife responsável, Dwayne Price. 

No local, a polícia encontrou dois mortos e começou buscas para encontrar o autor dos disparos. Uma segunda chamada para o número de emergência (911 nos EUA — na União Europeia seria o 112) levou a polícia a um apartamento em Paintsville, onde estavam três pessoas mortas a tiro, incluindo o que se pensa ser o autor dos disparos.

"Foi uma horrível sucessão de assassínios", comentou Price. "Não há palavras para descrever", continuou, mesmo para alguém, como ele, na polícia há 34 anos. "Foi um dos actos de violência mais perturbadores que já vi".

Não foram dados detalhes sobre as vítimas, nem adiantado um possível motivo.

Os crimes acontecem cerca de três semanas depois de um tiroteio num liceu em Benton, também no Kentucky, terem deixado dois alunos mortos e 18 feridos por um colega, que está detido. Este foi o 11.º ataque a tiro em liceus nos EUA desde o início do ano, entre mais de 30 ataques a tiro no total. 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações