A forma da água… e do corpo

Duas horas de água em estado líquido e gasoso, uma hora de profundo relaxamento do corpo e da mente. O Circuito de Águas Magic Spa by Pestana é um convite ao escapismo. Vamos?

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Não conseguimos percorrer os jardins do Pestana Palace em Lisboa sem imaginar Madonna a passear por ali, talvez com os três filhos, talvez melancólica, talvez com uma canção a bailar-lhe nos lábios. Se fecharmos os olhos saberemos que a sensação do sol no rosto é tão única para nós como para ela, se os abrirmos sabemos que vemos o que ela viu. Os exuberantes jardins com plantas e árvores classificadas como monumento nacional, a casa do lago com as suas altas janelas em esquadrias de ferro vermelho, a piscina oval num recanto discreto do jardim com repuxo no meio.

É para ela que olhamos a última vez, antes de encaixar a cabeça nas toalhas da marquesa onde vamos fazer uma massagem Magic Serenity. É a vez da forma do corpo, depois de sentirmos a forma da água em estado líquido e gasoso, primeiro na sauna e banho turco, depois no jacuzzi e na piscina interior, guardada por dois leões de pedra, com vista para o “lago”. Este palácio restaurado do século XIX, eleito como Best Luxury Spa 2014 e Best Luxury Business Hotel Spa pelo World Luxury Spa Awards 2017, é o cenário perfeito para sermos actores principais de um filme feito e vivido apenas por nós, para nós.

Podemos imaginar um monstro amável a surgir das bolhas do jacuzzi, a estender o olhar como um convite a um mergulho azul na piscina ao lado, numa dança ao som de “La Javanaise”: “Minha natural inconsequência origina-se na leveza com que encaro a vida...”, canta Madeleine Peyroux. Deixemo-nos levar, leves, pela forma da água: borbulhante ou lisa, nuvem, suor, quente ou morna. Dois terços de água e um de corpo.  

Entramos na suite de massagens para a parte final deste Circuito de Águas Magic Spa by Pestana e começa a viagem que o cinema ainda não nos dá: um mundo de aromas, calor, pressão, músculo, pele. Os intensos aromas dos produtos 100% naturais da linha Magic Potion asseguram o equilíbrio entre o corpo e o espírito, amaciado pela água e pela paz em redor.

A terapeuta começa o seu trabalho holístico com uma esfoliação e massagem profunda da planta dos pés, usando um esfoliante de mel, maracujá e açúcar mascavado capaz de adoçar a pele mais dura. Segue para os ombros, nuca, pescoço, com a pressão forte que pedimos para desatar os nós da cervical, e procura alguns pontos de reflexologia e meridianos para nos trazer de volta à geografia muscular certa. A aplicação final do Rescue Gel, composto de arnica, mentol e cânfora, irá garantir o efeito terapêutico prolongado.

Quando nos destapa o lado esquerdo para o massajar circularmente, já o óleo essencial que escolhemos – amêndoas doces, lavanda e laranja – começa a entranhar-se na epiderme. Quente e doce, como as mãos firmes e sábias que o conduz músculo acima, contractura abaixo, a tensão a sair pela ponta dos dedos numa despedida feliz. A partir daí, desligamos. Acordando a memória, sabemos que a massagem continuou pelo lado direito, pela parte da frente das pernas, pelo friso lateral do corpo nu entre a marquesa e a toalha que nos cobre, pelo colo, pela nuca acima, pela cabeça e até o cabelo mereceu uma carícia suave de óleo morno.

O suave toque metálico, lembrando as taças de som tibetanas, termina o trabalho de alinhamento dos chacras e traz-nos de volta. Continuamos ali, no meio do jardim: a piscina ainda está deserta, mas a alma vai mais limpa e o corpo revigorado.  

A jornalista fez a massagem Magic Serenity no Circuito das Águas by Pestana a convite da Odisseias