Uma escola pública em Tóquio quer adoptar uniformes da Armani

O preço dos uniformes desenhados pela marca italiana é três vezes superior ao dos habituais.

Foto
Giorgio Armani foi escolhido para desenhar os uniformes para crianças japonesas LUSA/DANIEL DAL ZENNARO

Uma escola primária pública de Tóquio deixou os pais dos alunos estupefactos por querer adoptar uniformes desenhados pela marca de moda italiana Giorgio Armani.

Os uniformes que chegam à Taimei Elementary School custam 80 mil ienes, cerca de 597 euros, ou seja, três vezes mais do que os uniformes habituais, escreveu o Huffington Post. A sede da Armani, no Japão, lfica a apenas 200 metros desta escola primária.

"Fiquei surpresa e questionei-me por que razão os uniformes de uma marca de luxo foram escolhidos para uma escola primária pública", contou a mãe de um aluno ao Huffington Post, acrescentando estar preocupada por achar que esta decisão passa uma mensagem errada às crianças.

Numa carta dirigida aos pais, em Novembro passado, o director Toshitsugu Wada anunciou que a escola é reconhecida na região e que a decisão de adoptar os uniformes da Armani tem como intenção criar uma atmosfera adequada para a instituição.