Há cada vez mais pessoas a viajar nos comboios

CP subiu 6,3% e chegou às 122 milhões de passagens. Serviços urbanos de Lisboa foram os que mais cresceram.

Foto
Crescimento do volume de passageiros foi transversal a todos os serviços da CP Paulo Pimenta

A CP voltou a transportar mais pessoas no ano passado, tendo subido 6,3% e chegado às 122 milhões de passagens (mais 7,1 milhões face a 2016). Já ao nível dos proveitos de tráfego o crescimento foi de 8,5%, atingindo os 250 milhões de euros. De acordo com os dados da transportadora pública liderada por Carlos Gomes Nogueira, “o crescimento do volume de passageiros foi transversal a todos os serviços da empresa”.

O maior crescimento ocorreu nos urbanos de Lisboa (como a Linha de Cascais), que subiu 7,3%, para os 83 milhões de passagens. O mesmo ritmo, mas a outra escala, foi sentido na vertente internacional, que subiu também 7,3%, mas para os 251 mil passagens. Destaque também para o Intercidades (mais 6,1%, para 3,9 milhões de passagens) e para o Alfapendular (mais 5,8% para 2,2 milhões). Seguem-se os comboios urbanos do Porto (mais 3,8%, para 21,6 milhões) e o regional (mais 3,7%, para 11 milhões).

Em comunicado, a CP destaca que tem invertido a tendência de quebra de procura desde 2013, e que para tal tem contribuído a dinâmica comercial da empresa. Outros factores são o crescimento do turismo e a criação de emprego.

Sugerir correcção