Descarrilamento de comboio de mercadorias interrompeu circulação na linha do Douro

Acidente não provocou vítimas mas causou danos avultados. Circulação foi entretanto retomada.

Foto
ADRIANO MIRANDA

Um comboio de mercadorias que circulava no sentido Porto - Régua descarrilou pelas 9h30 de hoje, domingo, à entrada da estação de Marco de Canavezes. O acidente não causou vítimas, mas provocou avultados danos na via férrea.

A circulação na linha do Douro esteve interrompida durante a manhã, tendo estado a CP a realizar serviço rodoviário de substituição. Equipas da EMEF (Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário) conseguiram entretanto remover o material descarrilado, restabelecendo a circulação de comboios na estação de Marco de Canavezes. Embora com alguns atrasos, o serviço ferroviário foi retomado na totalidade da linha .

A composição acidentada pertence à Medway (antiga CP Carga) e transportava cimento. Os três últimos vagões descarrilaram ao passar por uma agulha da estação.

Este troço da linha do Douro ainda não foi alvo de modernização. As obras entre Caíde e Marco de Canavezes deveriam ter ficado concluídas em finais de 2016, mas têm vindo a derrapar. Há um ano a Infraestruturas de Portugal anunciava que as mesmas estariam terminadas no segundo semestre de 2017, mas os trabalhos continuam parados.