Quando um jogador pensa que perdeu mas conquistou um precioso ponto

O guarda-redes do Moreirense foi para a zona de entrevistas rápidas da Sport TV manifestar a sua tristeza por ter perdido no último lance do jogo.

O momento do golo anulado ao FC Porto
Foto
O momento do golo anulado ao FC Porto LUSA/MANUEL ARAÚJO

Corria o último lance do Moreirense–FC Porto e os “dragões” pressionavam a equipa da casa para tentar desesperadamente chegar à vitória. O reforço Waris introduz a bola na baliza, provocando imediatamente efusivos festejos por parte de toda a equipa azul e branca. Porém, o árbitro assistente já estava com a bandeirola no ar e o golo foi anulado, invertendo as emoções: tristeza e frustração para os “dragões” e alívio e felicidade por terem garantido um precioso ponto do lado dos jogadores do Moreirense – de quase todos pelo menos. O insólito aconteceu já no final da partida.

Isto porque, na zona de entrevistas rápidas da Sport Tv, o guarda-redes da equipa da casa, o brasileiro Jhonatan, mostrou a sua tristeza pela derrota da sua equipa. “Sabíamos que não ia ser um jogo fácil”, começou por dizer. “Mas infelizmente, no último lance, acabámos tomando um golo que deu a vitória do Porto”, rematou. A afirmação terá surpreendido tudo e todos mas a entrevista seguiu.

“Infelizmente, como digo, fica o sentimento de tristeza, porque a equipa merecia sair daqui com pontos”, continuou em resposta a mais algumas perguntas. E aí o jornalista da Sport TV teve de intervir: “Mas ficou zero a zero, Jhonatan, não sei se tem noção disso. Estará um pouco confuso com o resultado final”.

No meio de risos, foi notório o alívio do guarda-redes. “Agora estou mais feliz”, atirou, explicando que no tal último lance do jogou levou “com um pé na cara”, o que o deixou “um pouco tonto”.

Sugerir correcção