Torne-se perito

Da América para Portugal, eis Julie Byrne e Circuit Des Yeux

Dois dos álbuns mais celebrados do ano transacto vão ser apresentados ao vivo em diversas cidades de Portugal nos próximos meses.

Julie Byrne
Foto
Julie Byrne: magnífica música folk sentimental, atmosférica e transparente

Dois dos álbuns mais celebrados do ano transacto, Not Even Hapiness, o segundo da cantora-compositora americana Julie Byrne, e Reaching for Indigo da também cantora-compositora americana Haley Fohr, ou seja Circuit des Yeux, vão ser apresentados ao vivo em diversas cidades de Portugal nos próximos meses.

Para Julie Byrne trata-se de uma estreia. Ao segundo álbum foi capaz de expor uma magnífica música folk sentimental, atmosférica e transparente, marcada pela sua voz elegante. Registo de solenidade emocional simples, desvenda-nos uma música sonhadora, às vezes ornamentada por ecos, outras vezes simplesmente esquelética, tocando-nos na sua nudez. A americana actuará no Teatro das Figuras de Faro a 13 de Junho, a 15 na ZDB em Lisboa e a 16 no Gnration de Braga.

Para Circuit Des Yeux será um regresso a Portugal, para revelar as canções do seu quarto álbum, gravado com músicos como Cooper Crain e Rob Frye, dos Bitchin Bajas, ou Josh Abrams (Natural Information Society). É casulo musical que preserva uma imensa riqueza no seu interior, guiado pela voz de Haley Fohr, que estará a 28 de Abril no Auditório de Espinho e a 29 na ZDB em Lisboa.

Aliás as novidades em relação à programação da ZDB para os próximos meses não se resumem a estes dois nomes. A 2 de Março a cantora, actriz e activista transexual brasileira Linn da Quebrada, figura do baile funk carioca, actuará naquele espaço, enquanto a 11 de Março será a vez das Les Filles de Illighadad, do Níger. Outra cantora-compositora americana, Shannon Lay, que acompanhou o ano passado nomes como Ty Segall ou Kevin Morby, vem mostrar o novo álbum, a 22 de Março, nos Maus Hábitos do Porto, a 23 na ZDB e a 24 na Casa da Cultura de Setúbal.

A 28 de Março será a vez de Mhysa, ou seja E. Jane, se apresentar na ZDB, responsável pelo álbum Fantasii do ano passado, e a 11 de Abril, proveniente do Cairo, Nadah El Shazly, que lançou o ano passado o seu primeiro álbum a solo, Ahwar. Da programação da ZDB para os próximos meses já haviam sido comunicados anteriormente outros nomes como Angel Olsen, Josephine Foster ou Liima.