GNR de Aveiro detém suspeito de violência doméstica a quem apreende armas ilegais

Homem tinha 21 munições, dois bastões, supostamente também utilizados nas ameaças e agressões, uma "faca de mato" e uma navalha proibidas.

Foto
Margarida Basto

A GNR de Esmoriz, do Comando Territorial de Aveiro, anunciou neste sábado a detenção de um homem de 47 anos por posse de armas ilegais e pela alegada prática do crime de violência doméstica.

Os militares foram alertados para uma alegada situação de violência doméstica, tendo encontrado "uma vítima de agressões físicas e psicológicas, na presença de dois menores, com 3 e 15 anos de idade".

"Dada a gravidade da situação e do facto de supostamente o indivíduo ter ameaçado a vítima com uma arma de fogo", os militares realizaram uma busca domiciliária, encontrando "uma arma de fogo calibre 6,35mm, na posse do agressor, estando esta carregada", refere a GNR em comunicado.

Da busca resultou ainda a apreensão de 21 munições, dois bastões, supostamente também utilizados nas ameaças e agressões, uma "faca de mato" e uma navalha proibidas e uma espingarda de pressão de ar calibre 4,5 mm, modificada para uma arma de caça de canos duplos e serrados.

O alegado agressor foi detido e presente ao Tribunal Judicial de Ovar, tendo-lhe sido decretada a medida de coacção de afastamento da vítima.