Sobe para nove o número de mortos no incêndio de Vila Nova da Rainha

A vítima, de 67 anos, estava internada no Hospital de São João no Porto.

Foto
Sergio Azenha

Morreu mais uma vítima do incêndio que deflagrou na noite de sábado na Associação Recreativa de Vila Nova da Rainha, em Tondela. A confirmação foi dada ao PÚBLICO pelo Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospital São João, António Oliveira e Silva. O número de vítimas mortais sobe assim para nove. A vítima, de 67 anos, que inicialmente esteve internada no Hospital de Santo António, morreu durante a madrugada desta quarta-feira, pela 1h, no Hospital de São João.

O incêndio que provocou ainda dezenas de feridos, alguns deles em estado grave, terá começado na chaminé de uma salamandra que incendiou o revestimento do tecto falso que acabou por desabar sobre as dezenas de pessoas que enchiam a sala onde decorria um jantar e torneio de sueca. O alerta para o incêndio foi dado às 20h51 e as chamas foram extintas cerca de uma hora depois. 

Decorre actualmente um inquérito para investigar o que aconteceu em Vila Nova de Rainha, estando o Departamento de Investigação e Acção Penal de Viseu a ser coadjuvado pela Polícia Judiciária.

Esta manhã, a vítima de 15 anos encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, saiu dos cuidados intensivos e foi transferida para a enfermaria, disse à Lusa fonte hospitalar.