Homem detido no Porto após atropelamento e fuga

Agente da PSP presenciou o atropelamento e perseguiu o condutor com a ajuda de um carro civil. Dez detidos em operações STOP no Porto.

Foto
Paulo Pimenta

Um homem de 55 anos foi detido neste sábado no Porto por suspeita de atropelamento e fuga, informou a PSP. Segundo um comunicado divulgado hoje, um agente da PSP de serviço na Avenida dos Aliados, no Porto, verificou que o suspeito se pôs em fuga na sequência de um atropelamento.

Foi iniciada perseguição, com ajuda de um condutor que ali circulava, tendo o suspeito sido detido na Rua do Ouro, depois de se ter imobilizado após colisão da sua viatura com uma árvore.

Durante a fuga o homem de 55 anos conduziu de forma perigosa, desobedecendo a várias regras, nomeadamente a sinais vermelhos, e chegou a colidir com uma viatura da polícia que circulava numa rua da cidade.

A vítima do atropelamento foi levada para um hospital através dos meios de socorro, mas a PSP nada adianta sobre o seu estado de saúde. O condutor e suspeito não estava habilitado para conduzir o veículo em que circulava - e essa deve ter sido a razão para a sua fuga.

Dez detidos em operações STOP

Entretanto, a PSP anunciou que deteve outras dez pessoas na região do Porto durante uma operação de fiscalização do trânsito na madrugada e início da manhã deste sábado.

Segundo uma nota do Comando Metropolitano do Porto, das dez pessoas detidas, oito conduziam sob efeito de álcool e duas por condução sem carta. Foram ainda apreendidos 12 documento de viaturas.

Ao todo, a PSP do Porto fiscalizou 226 viaturas, realizando teste de alcoolemia a 215 condutores (19 acusaram excesso de álcool), e controlou por radar 558 viaturas - dez delas circulavam em excesso de velocidade.