Rui Rio assume vitória: foi escolhido por 22.611 militantes

Rio venceu com 54,37% dos votos. Santana chegou aos 45,63%.

Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO

Ex-presidente da Câmara do Porto desceu do 12º andar do Hotel Sheraton, no Porto, para falar aos militantes e os portugueses, pela primeira vez na qualidade de líder do PSD. O agradecimento inicial foi para Santana Lopes. Pedro Passos Coelho já o felicitou pela vitória.

No seu discurso de vitória, Rui Rio assumiu que seguirá o legado deixado por Francisco Sá Carneiro e avisou que o actual Governo terá com a nova liderança do PSD uma "oposição firme e atenta", mas "não demagógica ou populista".

Rui Rio disse ainda que sempre se guiou pelos ideais de Sá Carneiro e que é essa "a bússola" que vai "continuar a seguir como meta". O partido, disse, "não foi fundado para ser um clube de amigos ou uma agremiação de interesses ou de grupos".

PÚBLICO -
Aumentar

Segundo Rui Rio, o PSD apresentar-se-á depois do congresso do partido, em Fevereiro, como "alternativa de governo à actual frente de esquerda que se formou".

"Alternativa capaz de dar a Portugal uma governação mais firme e corajosa, capaz de enfrentar grandes problemas estruturais", bem como capaz de "restituir a vontade, a alma e a esperança", vincou.

Ainda não foram divulgados os resultados oficiais, já que permanecem 11 das 325 secções do PSD por apurar, mas já se pode dizer que os números provisórios apontam para uma vitória de Rui Rio com 54,37% dos votos, contra 45,63% de Pedro Santana Lopes.

De um total de 42.254 militantes que votaram, Rio teve direito a 22.611 votos e Santana Lopes atingiu os 18.974. Apenas 59,77% dos sociais-democratas tinham as quotas em dia. Com Lusa

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações