Villarreal derrota Real Madrid e faz história no Bernabéu

Golo irregular de Fornals, aos 87', complica ainda mais a tarefa de Zidane no campeonato.

O Real Madrid atravessa um dos piores momentos da temporada
Foto
O Real Madrid atravessa um dos piores momentos da temporada EPA/Rodrigo Jimenez

Um golo de Pablo Fornals, a três minutos dos 90, provou que o pesadelo madridista ainda não conheceu a sua real dimensão. Na última jornada da primeira volta, o Villarreal foi a Madrid impor a segunda derrota (0-1) consecutiva aos homens de Zidane em pleno Santiago Bernabéu — naquela que foi a primeira vitória do emblema de Castellón em visitas ao campo do Real Madrid.

?Com um jogo em atraso para fechar um ciclo negro, o Real Madrid desperdiçou algumas oportunidades para marcar, com Cristiano Ronaldo a assinar, sem sucesso, 11 remates à baliza, o que explica na perfeição a anormal produção do internacional português, com apenas quatro golos em 14 das 18 partidas já disputadas pelo madeirense na Liga espanhola.

?A ineficácia madridista permitiu que o “submarino amarelo” emergisse mesmo no final, embora o golo de Fornals esteja ferido de ilegalidade, pois foi precedido de fora-de-jogo. ?A ironia suprema neste lance resulta do facto de ter sido de um dos 11 cantos favoráveis aos “merengues” que nasceu o golo, em rápida transição de um Villarreal que, durante todo o jogo, não conquistou um único pontapé-de-canto.?

O Real Madrid esteve longe de conseguir uma exibição convincente, mesmo tendo outras razões de queixa em relação à arbitragem, o que não justifica a campanha desastrada no campeonato, algo de inexplicável segundo Zidane, que considerou o resultado “uma tremenda injustiça”.

Depois da igualdade de Vigo e da tremedeira na Taça de Espanha, o Real perdeu pela terceira vez em casa (Betis e Barcelona foram os carrascos anteriores), somando agora quatro desaires no campeonato e arriscando concluir a jornada a 19 pontos da equipa de Messi. Com este resultado, o Villarreal fica a um ponto dos madrilenos, que viram o vizinho Atlético bater o Eibar (0-1) e cavar um fosso de 10 pontos na tabela. O Valencia venceu na Corunha, com golo de Gonçalo Guedes, e segue no trio da frente.

Em Inglaterra, a 23.ª jornada da Premier League rendeu dois empates aos treinadores portugueses Carlos Carvalhal e Marco Silva. O Swansea foi a St. James Park surpreender o “aflito” Newcastle (1-1), tendo estado mesmo na liderança do marcador, com um golo de Jordan Ayew (60’), permitindo que Joselu (68’) empatasse. O Swansea é o último da classificação.

Em Watford dominou a incerteza até aos 90’, com a equipa de Marco Silva a evitar a derrota caseira ante o Southampton após recuperar de desvantagem de dois golos, empatando 2-2. O Southampton de Cédric Soares adiantou-se com um bis de James Ward-Prowse (20’, 44’), mas os homens de Marco Silva reagiram a tempo de evitar a terceira derrota consecutiva no campeonato, embora o golo salvador tivesse sido apontado com a mão de Doucoure.

No Championship, o segundo escalão do futebol inglês, Wolverhampton e Barnsley anularam-se. Nuno Espírito Santo continua na liderança, com 10 pontos de vantagem sobre o Derby County, após 27 jornadas. ?Adversário do Sp. Braga na Liga Europa, o Marselha goleou o Rennes (0-3), na 20.ª jornada da Ligue 1. Já o Mónaco empatou (0-0) em Montpellier e pode ver o Lyon chegar a segundo.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações