A planta gigante (que se julgava extinta) é uma atracção turística

A Victoria cruziana reapareceu num rio no Paraguai e tem atraído muitos visitantes nos últimos dias.

Fotogaleria
Andres Cristaldo/EPA
Fotogaleria
Fotogaleria

A planta aquática conhecida no Paraguai como yrupé reapareceu no rio Paraguai depois de ter sido declarada em risco de extinção em 2006.

A planta (uma espécie de nenúfar), cujo nome científico é Victoria cruziana, deu à tona na foz do Salado, um afluente do Paraguai. "É um espectáculo natural muito bonito", disse à Associated Press Antonio Benitez, dono de uma das muitas canoas que por estes dias tem transportado turistas locais e estrangeiros.

PÚBLICO -
Foto

As plantas são formadas por uma folha verde côncava, cujo diâmetro pode atingir os 1,5 metros, e uma flor branca e rosa no centro. "Moro aqui perto desde a infância e todos pensávamos que esta planta estava extinta, mas voltou", acrescentou Benitez.

Em comunicado, o Ministério do Ambiente especificou que a planta tinha gradualmente desaparecido do rio Paraguai devido a uma dragagem de limpeza, aproveitando para alertar os visitantes, que muitas vezes roubam as plantas. "Qualquer recolha destas plantas no seu ambiente natural é considerada ilegal."

Um dos problemas actuais prende-se precisamente com o facto de os locais acreditarem nos poderes medicinais destas plantas selvagens — um legado do povo indígena guarani — e de as levarem para casa depois de um par de fotos.

PÚBLICO -
Foto

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações