Luís Gonçalves, director desportivo do FC Porto, suspenso 15 dias

Dirigente foi expulso após o final o encontro entre o FC Porto e o Benfica, da 13.ª jornada da I Liga de futebol.

Foto
LUSA/MANUEL ARAÚJO

O director desportivo do FC Porto, Luís Gonçalves, foi suspenso por 15 dias, depois de ter sido expulso após o final o encontro entre o FC Porto e o Benfica, da 13.ª jornada da I Liga de futebol.

De acordo com comunicado do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, o responsável dos 'dragões' ainda terá de pagar uma multa de 957 euros, além da suspensão de 15 dias.

De acordo com o relatório do árbitro Luís Miguel, no final do encontro, disputado a 1 de Dezembro de 2017 e que terminou com uma igualdade a zero, Luís Gonçalves foi expulso por, "junto à porta do balneário da equipa de arbitragem proferir palavras ofensivas e injuriosas, dizendo: 'Isto é um roubo, é uma vergonha'".