Passos Coelho despediu-se dos deputados do PSD

Líder do partido sairá do Parlamento após o congresso de Fevereiro

Líder do PSD ficará no Parlamento até final de Fevereiro
Foto
Líder do PSD ficará no Parlamento até final de Fevereiro Rui Gaudencio

O líder do PSD Pedro Passos Coelho despediu-se esta manhã do grupo parlamentar, numa reunião em que revelou que a renúncia ao mandato de deputado acontecerá em Fevereiro, tal como o PÚBLICO escreveu na quarta-feira.

Passos Coelho, ao que o PÚBLICO apurou, despediu-se e agradeceu aos deputados naquela que será a sua última participação numa reunião da bancada parlamentar.

A eleição do novo líder, nas directas do próximo sábado, implica que haja um período de transição até que a restante equipa esteja formalizada. Passos Coelho vai fazer esse período de transição com o futuro líder. Só deixará o partido e o Parlamento quando existir uma nova Comissão Política Nacional, que será eleita no congresso de Fevereiro.

A comissão permanente, que é o órgão mais restrito do partido, continuará a reunir – habitualmente às terças-feiras – até que uma nova seja constituída.  

Apesar de manter os órgãos do partido em funções, Passos Coelho deverá continuar a ser discreto como até agora desde que em Outubro anunciou que já não se candidatava a um novo mandato à frente do PSD.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações