Protecção Civil alerta para neve, chuva e agitação marítima

A Autoridade Nacional de Protecção deixa um conjunto de recomendações à população para as próximas 24 horas.

População deve evitar proximidade a zonas costeiras
Foto
População deve evitar proximidade a zonas costeiras PAULO PIMENTA

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) lançou um alerta nesta quarta-feira para a chuva intensa, ventos fortes e agitação marítima que se registará em diversas zonas do território. De acordo com a informação transmitida pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para as próximas 24 horas está prevista “precipitação localmente intensa”, com possibilidade de queda de granizo e de neve. Além disso, há ainda um alerta de uma forte agitação marítima com ondas até aos 10 metros.

A ANPC detalha ainda que o granizo deverá atingir a região litoral Norte, e há possibilidade de “ocorrência de neblina, gelo ou geada no interior Norte e Centro”. Já a neve está prevista acima dos 1000/1200 metros de altitude, nos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu e Guarda. Será especialmente intensa nas serras da região Norte, em Padrela, Marão, Montemuro e parte da Serra da Estrela.

A chuva será acompanhada de vento forte nas terras altas, por vezes com rajadas até aos 85km/h e de uma agitação marítima forte na costa ocidental, em Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa.

A Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para o perigo de cheias e inundações em meio urbano e queda de ramos ou árvores. Há ainda o risco acrescido de acidentes na orla costeira e obstrução das vias de circulação.

Face a estas condições atmosféricas, a Autoridade Nacional de Protecção Civil aconselha alguns cuidados a ter:

  • Desobstruir os sistemas de escoamento das águas pluviais e retirar os inertes e outros objectos susceptíveis de serem arrastados ou criarem obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adoptar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tomando especial atenção à eventual acumulação de neve e/ou formação de lençóis de água nas vias rodoviárias;
  • Circular com correntes de neve sempre que se revele recomendável nas áreas atingidas pela queda de neve;
  • Evitar atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Garantir a fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
  • Ter especial cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, permanecendo atento à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento mais forte;
  • Circular com a máxima precaução junto à orla costeira e zonas ribeirinhas mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a passagem e permanência nestes locais;
  • Evitar a prática de actividades relacionadas com o mar, como pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, bem como estacionar veículos muito próximos da orla marítima;
  • Evitar a circulação e permanência nas terras altas, onde se esperam rajadas de vento fortes ou muito fortes;
  • Estar atento às informações da meteorologia e aos conselhos e recomendações da Protecção Civil e das Forças de Segurança.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações