Depois de o menino negro ser o "macaco mais cool", The Weeknd recusa-se a trabalhar com a H&M

O cantor cortou laços com a marca. Outras celebridades reagiram também com indignação a uma situação pela qual a sueca já pediu desculpa.

Foto
DR

Depois da H&M ter partilhado uma fotografia que mostrava uma criança negra com um hoodie onde se podia ler “O macaco mais fixe da selva”, o cantor The Weeknd anunciou no Twitter que não trabalhará mais com a marca.

Apesar de a imagem já ter sido removida de todos os canais da H&M, o cantor canadiano, que começou a participar em campanhas publicitárias em 2017, escreveu na rede social: “Acordei esta manhã chocado e envergonhado com esta fotografia. Sinto-me profundamente ofendido e não voltarei a trabalhar com a H&M.”

Mas The Weeknd não foi o único a manifestar-se. O rapper King Push partilhou que não voltará a comprar nada na H&M, “nem sequer T-shirts”.

Já Chris Classic, manipulou a fotografia original, como se pode ver em baixo. Na nova imagem a criança aparece com uma coroa na cabeça e é intitulada “King of the World”, em português, “Rei do Mundo”. A fotografia foi também partilhada por outras caras conhecidas como o colectivo de hip hop A Tribe Called Quest e o basquetebolista LeBron James.

Assim que se apercebeu das reacções dos consumidores e internautas, a marca sueca pediu desculpa pelo sucedido e retirou a imagem dos seus sites.