Autoridade tributária faz ajustes no Portal das Finanças

Alterações no site previstas para esta quinta-feira. Alguns conteúdos vão surgir em destaque em função do perfil e do histórico de cada utilizador.

Imagem do site actual
Foto
Imagem do site actual Rui Gaudêncio

Os contribuintes vão encontrar pequenas diferenças quando a partir de agora acederem ao Portal das Finanças. A reformulação da imagem do site da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), uma das medidas do novo programa Simplex, deverá acontecer nesta quinta-feira em algumas áreas da página online do fisco, segundo o calendário previsto pelo Ministério das Finanças.

Alguns detalhes da nova imagem já foram revelados pela instituição numa pequena apresentação publicada no site da AT, onde é possível ver como aparecerá distribuída a informação na página inicial, com os conteúdos organizados numa barra superior em quatro grandes categorias: cidadãos, negócios, outras entidades e informação.

Quando o contribuinte se autenticar para iniciar a sessão através do seu Número de Identificação Fiscal (NIF) vai ter acesso “aos serviços e conteúdos mais relevantes atendendo ao seu ‘perfil’ e histórico enquanto contribuinte”, antecipa a AT naquela apresentação. Nos serviços mais frequentes poderão aparecer, por exemplo, as páginas do E-factura, a área de entrega do IRS ou de pagamentos ao fisco.

Na página dos cidadãos - a que se dirige aos contribuintes singulares - vai ser possível encontrar as publicações mais recentes que a autoridade tributária elabora, ofícios, avisos ou portarias. Toda esta informação já se encontra disponível actualmente no portal das Finanças, mas agora passará a estar organizada de outra forma.

Das imagens disponibilizadas até agora pela AT é possível ver que algumas áreas do site se vão manter iguais ou muito aproximadas do que é hoje o Portal das Finanças. É o caso da barra lateral de navegação para as várias subáreas do site (as referências à orgânica da autoridade tributaria, ao calendário fiscal, aos serviços ou à área de apoio ao contribuinte).

A reformulação do site estava inicialmente agendada para o segundo trimestre do último ano, mas só agora se concretiza. No Simplex previa-se que a página online seria alterada para “tornar mais acessível a informação fiscal, em especial facilitando a pesquisa dos esclarecimentos em matéria fiscal quer para cidadãos quer para empresas”.

A autoridade tributária diz igualmente ter melhorado o motor de busca. Os resultados sobre a informação pesquisada vão aparecer em três páginas (serviços, legislação e informação genérica).