Torne-se perito

Presentes para oferecer a foodies

Entre as sugestões há, claro, muita comida: produtos gourmet, chocolates, sabores vindos de outras latitudes. Mas também vouchers para restaurantes, workshops de culinária e utensílios de cozinha. Só não prometemos que se transforme no próximo chef Michelin.

Foto

Caixa de baklavas

Para quem gosta de comida tradicional do Médio Oriente, nada como uma caixa recheada de baklavas, o doce que habitualmente coroa cada refeição no Mezze, em Lisboa. O restaurante, inaugurado em Setembro, tem caixas de 10 e 20 unidades (17,50€ e 30€ respectivamente), disponíveis por encomenda (e-mail: [email protected])

PÚBLICO -
Foto

Tábua de cozinha

Saltaram para a ribalta quando se soube que Jamie Oliver as utilizava em todos os seus restaurantes (e continuam à venda na loja online do chef britânico). Mas há cinco gerações que a família Violante está ligada à produção de artigos de madeira em Pernes, concelho de Santarém. Além de tábuas de cozinha, a Gradirippas vende caixas para vinhos e utensílios, como colheres de pau, amassadeiras ou almofarizes, entre outros.

PÚBLICO -
Foto

Voucher para jantar no Avillez

No site de José Avillez encontra vouchers para refeições em todos os restaurantes liderados pelo chef português em Lisboa, portanto é apenas uma questão de gosto – e de carteira. Os preços variam entre 40€ (refeição para duas pessoas na Pizzaria Lisboa) e 550€ (menu de degustação Evolução, no Belcanto, para duas pessoas).

PÚBLICO -
Foto

Livro Sopa para a Síria

Mais de 80 chefs internacionais contribuíram para o novo livro de receitas de Barbara Abdeni Massad, com edição portuguesa lançada em Outubro pela Casa das Letras. Para quem gosta de sopa, há receitas vindas de todas as partes do mundo, do persa Gondi à portuguesa sopa de feijão-frade ou uma soupe au pistou, elaborada por Anthony Bourdain. O melhor? Os lucros revertem a favor dos refugiados sírios. Mas não faltam livros para oferecer este Natal, incluindo 5 Ingredientes, de Jamie Oliver, ou o Manual de Cozinha Asiática, de Paulo Morais.

PÚBLICO -
Foto

Licores e rebuçados de ovo de Portalegre

A Ginjinha de Marvão, feita com ginjas do Parque Natural de São Mamede, foi um dos dois produtos portugueses a receber este ano a classificação mais elevada do Great Taste, um selo de qualidade atribuído anualmente aos melhores produtos alimentares e bebidas do mundo inteiro. Além da ginjinha, a gama de licores Botica integra nove sabores, incluindo castanha assada, camarinha, marmelada ou tangerina pinhão. Na Sabores Santa Clara, fundada em 2005 por Daniel Roldão, há ainda rebuçados de ovo de Portalegre, frutos secos caramelizados e bolachas de gengibre, chá, cerveja, especiarias ou Porto.

PÚBLICO -
Foto

Cabaz de chocolates

A DuMonde Chocolat, na Rua de Santa Teresa, no Porto, tem uma vasta gama de chocolates (muitos deles vegan) que podem dar bons presentes de Natal, mas há produtos exclusivamente alusivos à quadra. O Cabaz da DuMonde, com o preço de 20€, traz seis chocolates com sabores natalícios – canela, avelã, caramelo salgado ou passas. As bolas de Natal da Denegro, dispostas numa embalagem triangular a fazer lembrar um pinheiro, têm o custo de 17,50€.

PÚBLICO -
Foto

Subscrição na Zomato Gold

Para quem adora experimentar pratos novos e percorrer todos os restaurantes, esta é uma boa opção. O clube dourado da Zomato conta com mais de 600 restaurantes parceiros em Lisboa e no Porto, que oferecem um prato em cada refeição aos subscritores. Existem três planos disponíveis: o primeiro é válido por três meses e permite usufruir da oferta em dois restaurantes (14€); o segundo dura seis meses e dá acesso a quatro visitas (24€); o terceiro é uma subscrição anual e dá direito a oito pratos de oferta (39€).

PÚBLICO -
Foto

Workshop de cozinha

Só tem de saber o nível de destreza na cozinha de quem vai receber o voucher ou se, porventura, prefere pastelaria ou ser um às no sushi. A oficina com um chef parceiro da Feedme custa 45€, por exemplo, enquanto o curso de iniciação, com cinco módulos (10 horas), e o curso de sushi/sashimi custam 150€. Para veganos e vegetarianos, ou para quem quer aprender a cozinhar sem produtos de origem animal, a daTerra tem já vários workshops planeados para o início de 2018, sobre comida indiana vegana ou como fazer tofu em casa (ambos 29€), por exemplo.

PÚBLICO -
Foto

Especiarias indianas biológicas do Chutnify

Além de muitas novidades na carta de Inverno, o novo restaurante indiano de Lisboa acaba de lançar quatro misturas de especiarias para levar para casa: Biryani Masala, Tandoori Masala, Channa Masala e Garam Masala. A nova gama de produtos foi desenvolvida pelo grupo em Berlim (foi na capital alemã que Aparna Aurora estreou o conceito Chutnify), numa parceria com a Soul Spice, uma empresa de especiarias biológicas e de comércio justo. Um frasco custa 8€, dois custam 15€.

PÚBLICO -
Foto

Cabaz de produtos gourmet

Porque não um cabaz de Natal? A Delidelux, loja de produtos de mercearia, charcutaria e cafetaria (sediada em Lisboa, mas encomendas online disponíveis), apresenta oito opções diferentes, entre 26€ e 190€. Vinhos, compotas, bolachas, chás, queijos, massas ou condimentos são alguns dos tipos de produtos seleccionados. Se preferir, pode oferecer um pote de gula recheado de produtos regionais (e ajudar associações e instituições do Interior).

 Veja o guia de compras de Natal completo do PÚBLICO aqui.

Sugerir correcção