Torne-se perito

Pedro Abrunhosa estreia nova canção com a tragédia dos incêndios no pensamento

Meu querido filho tão tarde que é antecipa um novo álbum de originais do músico, a editar em 2018

O novo álbum será o oitavo de uma carreira discográfica iniciada em 1994 com <i>Viagens</i>
Foto
O novo álbum será o oitavo de uma carreira discográfica iniciada em 1994 com Viagens Maria Joao Gala

“Meu querido filho tão tarde que é/ há fogo no monte/ que acende o da fé /meu querido filho tão tarde que é”. Assim dizem os primeiros versos da nova canção de Pedro Abrunhosa, antecâmara do álbum que o músico editará em 2018. Balada ao piano, apoiada por secção orquestral e coro, Meu querido filho tão tarde que é tem como pano de fundo a tragédia dos incêndios vivida este ano em Portugal.

“Foi uma canção escrita, como todas, na minha solitária viagem pessoal. É nesse espaço que me sei acompanhado pela presença silenciosa dos muitos que soçobram perante o infortúnio e o absurdo”, escreve Abrunhosa na nota de apresentação do tema, que surge companhado por um vídeo realizado por André Tentúgal, realizador e músico que liderou os We Trust, cujo final de carreira foi anunciado em 2016 no palco do Vodafone Paredes de Coura.

Meu querido filho tão tarde que é surge como primeiro single do oitavo álbum de originais do músico, cuja carreira discográfica arrancou em 1994 com o clássico Viagens. Contramão, o álbum mais recente, onde encontramos, entre outras, Toma conta de mim, foi editado em 2013.

Sugerir correcção