Torne-se perito

Rio e Santana estreiam-se no sábado em debate na TVI

Os dois candidatos vão debater as ideias que têm para a liderança do PSD na estação de Queluz de Baixo. Segundo debate será na RTP na primeira semana de Janeiro

Os candidatos à liderança do PSD ficam-se por dois debates na televisão
Foto
Os candidatos à liderança do PSD ficam-se por dois debates na televisão LUSA/HUGO DELGADO

O primeiro debate entre os dois candidatos à liderança do PSD, Pedro Santana Lopes e Rui Rio, realizar-se-á sábado à noite em mais um Especial Informação Poder Laranja da TVI. O segundo e último frente-a-frente está previsto para a primeira semana de Janeiro.

A candidatura de Rui Rio informa em comunicado, tornado público nesta quarta-feira, que foi contactada pela TVI para avaliar a sua disponibilidade para participar no debate de sábado à noite com Pedro Santana Lopes e que aceitou. “Ficaram assim definidos e fechados os dois debates acordados: um a realizar na RTP; e o outro na TVI”, acrescenta o comunicado que aponta avanços e recuos da candidatura de Santana em relação aos debates televisivos.

“Na apresentação informal da sua candidatura na SIC, o dr. Pedro Santana Lopes afirmou que ‘não vai passar a campanha a debater com Rui Rio’. Na apresentação pública da sua candidatura, no dia 22 de Outubro, desafiou Rui Rio para a realização de 21 debates em todas as distritais [do PSD] do país”, diz o comunicado, acrescentando que, “dias mais tarde”, enviou uma carta ao ex-presidente da Câmara do Porto, na qual propôs que as “duas candidaturas possam dialogar e encontrar uma solução consensual para a concretização dos debates”.

O texto conta ainda que na sequência das conversações, a candidatura de Santana Lopes propôs, então, a realização de dois debates o que foi considerado “sensato” pela candidatura de Rio e “imediatamente aceite”. Nesse sentido, Santana defendeu que um debate fosse feito na RTP e o outro na SIC. Por seu lado, Rio propôs que os debate se realizassem na RTP e na TVI, o que levou as duas candidaturas a fecharem, de imediato, o frente-a-frente na RTP, articuladamente com aquele órgão de comunicação social.

Acontece que, “como os dois canais privados não aceitaram fazer um debate conjunto, conforme propostas das duas candidaturas, a candidatura de Rui Rio propôs, então, que o segundo pudesse ser realizado nas rádios”, refere o texto, revelando que por “iniciativa própria, o dr. Pedro Santana contacta directamente a TVI e disponibiliza-se para participar no programa de debate Poder Laranja, transmitido semanalmente por aquela estação de televisão”.

É, de resto, na sequência desta intervenção directa do antigo líder do PSD que a TVI contacta a candidatura de Rui Rio e que mostra disponibilidades para debater com o seu adversário na corrida à liderança do PSD. Mas na terça-feira, Santana volta a baralhar o jogo, enviando um comunicado sem o conhecimento de Rio, defendendo três debates. De forma a comtemplar os três canais generalistas. Rio recusa e diz que só aceita dois: um na TVI e outro na RTP.

Sugerir correcção