A ambição do casal Ménard na Frente Nacional

Robert Ménard foi eleito para a presidência da câmara de Béziers em 2014, com o apoio da Frente Nacional (FN), e a sua mulher, Emmanuelle Ménard, foi eleita deputada nas legislativas deste ano, mas as suas relações com o partido liderado por Marine Le Pen não são as melhores.

Na verdade, o casal de antigos jornalistas, nenhum deles filiado na FN, tem a ambição de pesar na refundação da formação que, até agora, tem sido um feudo da família Le Pen, dizia o jornal Le Figaro. Aproximar a FN da direita tradicional mais conservadora é o seu objectivo.

Em Agosto, pôs mesmo em causa a liderança de Marine Le Pen, escrevendo uma carta aberta aos “meus amigos da FN”, publicada no Figaro, jornal próximo da direita. O congresso da FN será em Março de 2018, e não há grandes expectativas de vozes discordantes, que impeçam a reeleição para um terceiro mandato de Marine Le Pen. Mas há sempre possibilidades.