SPD dá luz verde a Schulz para negociar com Merkel

Sociais-democratas reconduziram Martin Schulz na liderança do partido e autorizaram o início de negociações para uma solução governativa com os democratas-cristãos.

LUSA/CLEMENS BILAN
Foto
LUSA/CLEMENS BILAN

Os sociais-democratas alemães mantiveram Martin Schulz na liderança do SPD e votaram para que se iniciem negociações tendo em vista a formação de um Governo com os democratas-cristãos de Angela Merkel.

A Alemanha está desde as eleições legislativas de Setembro à procura de uma solução governativa — Merkel não conseguiu chegar a um entendimento com os liberais do FDP e os Verdes. Apesar de ter rejeitado, num primeiro momento, um acordo com a actual chanceler, Schulz recebeu agora luz verde do seu partido para se sentar à mesa das negociações para alcançar uma solução maioritária e assim evitar novas eleições.

Não é certo se o objectivo de Schulz será formar uma grande coligação ou apenas apoiar um Governo minoritário da CDU-CSU de Merkel.

“A questão não é de saber se há grande coligação ou não”, afirmou Schulz, no discurso que fez no congresso do SPD, citado pela Reuters. “Nem governo minoritário ou novas eleições. Não – é sobre como nós aplicamos a nossa responsabilidade, incluindo para a próxima geração.”

As conversações entre os dois partidos deverão começar no início do próximo ano.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações