House of Cards vai mesmo continuar (sem Kevin Spacey)

Netlix anunciou que vai retomar a produção da sexta e última temporada da série.

Fotogaleria
Kevin Spacey está envolvido num escândalo de abusos sexuais LUSA/PAUL BUCK
Fotogaleria
Robin Wright será a protagonista da última temporada Mario Anzuoni/Reuters

A Netflix informou nesta segunda-feira que a produção da sexta e última temporada de House of Cards vai continuar mas sem a presença do até agora protagonista Kevin Spacey, envolvido nos últimos meses num escândalo sexual.

“Fizemos um acordo para produzir seis temporadas de House of Cards. Será uma temporada de oito episódios. A produção vai começar no início de 2018 e não vai envolver Kevin Spacey”, afirmou o director de conteúdos da plataforma, Ted Sarandos, numa conferência de imprensa, segundo a Reuters.

Sarandos revelou que na primeira linha do argumento estará Robin Wright, que foi co-protagonista, juntamente com Spacey, nas últimas cinco temporadas da série.

A Netflix tinha suspendido a produção da sexta temporada depois das várias acusações de assédio e abuso sexual contra Spacey.

O escândalo em que se viu envolvido o actor foi iniciado por Anthony Rapp, que o acusou de assédio e de o tentar seduzir quando tinha 14 anos. Spacey pediu desculpa e assumiu a sua homossexualidade.

Depois, vários membros de House of Cards denunciaram também o comportamento predador de Spacey e as acusações chegaram inclusivamente ao Reino Unido.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações