Meteoritos turcos vencem Porto/Post/Doc

Documentário sobre o conflito entre o governo turco e a minoria curda é o grande vencedor do festival portuense.

<i>Meteors</i>
Foto
Meteors Gulcan Keltek

Meteors, do turco Gulcan Keltek, é o vencedor da quarta edição do festival Porto/Post/Doc, em palmarés anunciado esta noite no palco do Rivoli Teatro Municipal, que recebeu o certame ao longo da última semana. O júri deu o grande prémio da competição do Porto/Post/Doc a este documentário pomposo e formalista, estreado no festival de Locarno e rodado a preto e branco, que explora a natureza humana e a sua tendência bélica a partir do conflito entre o governo turco e a minoria curda. 

O júri de seis elementos (as programadoras Núria Cubas e Raquel Castro, a investigadora Hilke Doering, o designer Mário Moura e os cineastas Ivo Ferreira e Lois Patiño) destacou ainda com uma menção honrosa um outro filme oriundo de Locarno, Dragonfly Eyes, do chinês Xu Bing, que utiliza exclusivamente imagens encontradas na internet (YouTube, câmaras de vigilância, vídeos amadores) para construir uma arrebatadora ficção alegórica sobre a China contemporânea e a globalização das imagens. 

Taste of Cement, do sírio Ziad Kalthoum, ensaio onírico e visualmente trabalhado sobre o quotidiano de exilados sírios empregues na construção civil em Beirute, arrecadou o Prémio Biberstein Gusmão para Autores Emergentes, depois de ter vencido a competição do festival suíço Visions du Réel este ano. O concurso para jovens realizadores Cinema Novo premiou a curta argentina Proxima, de Igor Dimitri e Gabriel Martinho. 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações