As alterações climáticas são tema de conversa no Pavilhão do Conhecimento

No final da tarde desta próxima quinta-feira vai falar-se do que ainda pode ser feito para a descarbonização da economia em Portugal.

Foto
Pawel Kopczynski/Reuters

“Combater as alterações climáticas: a economia de baixo carbono” é o tema da próxima conversa Dia C: Desafios para a Sustentabilidade esta quinta-feira, 30 de Novembro, às 19h30, no Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva, em Lisboa. Os oradores convidados são Ana Rita Antunes, do conselho geral da Associação Zero, e Pedro Viterbo, director do Departamento de Meteorologia e Geofísica do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Este ciclo de debates é inspirado nos objectivos para o crescimento sustentável das Nações Unidas e a entrada para esta conversa é gratuita, mediante inscrição. A agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável considera as alterações climáticas como um dos maiores desafios da humanidade. “O aumento da temperatura global, a subida do nível do mar, a acidificação do oceano ou a intensificação de fenómenos meteorológicos extremos são alguns dos impactos das alterações climáticas que estão já a afectar regiões e países costeiros”, lê-se no comunicado da agência Ciência Viva.

Portugal poderá ser um dos países europeus mais afectados pelas alterações climáticas. Como tal, como refere o comunicado, têm-se adoptado medidas de mitigação das suas principais causas, como a aposta nas energias renováveis, a redução da produção de resíduos ou a tentativa de limitar as emissões de dióxido de carbono, um dos principais gases com efeito de estufa. Nesta conversa, será então feita a seguinte questão: poderemos fazer ainda mais pela descarbonização da economia?

Esta é a última conversa de 2017 do ciclo “Dia C: Desafios para a Sustentabilidade” no Pavilhão do Conhecimento.