Piloto morre no Grande Prémio de Motos de Macau

Dan Hegarty, 31 anos, corria pela Honda e não resistiu aos ferimentos sofridos na sequência de um despiste.

Hegarty, com a moto número oito, antes do acidente fatal
Foto
Hegarty, com a moto número oito, antes do acidente fatal

O piloto britânico Daniel Hegarty (Honda) morreu neste sábado, vítima de um acidente grave no Circuito da Guia, no Grande Prémio de Motos de Macau. Devido ao despiste, a prova foi interrompida a seis voltas do final e não foi retomada. As imagens do violento despiste estão publicadas no Youtube.

Hegarty, de 31 anos, foi retirado de ambulância, dentro da qual acabou por morrer, depois de a meio da prova ter batido na barreira na Curva dos Pescadores, de acordo com o relatório de incidentes da organização. O despiste ocorreu às 16h04 locais, (8h04 em Portugal continental)

Esta era a segunda participação de Hegarty nesta prova. Após o acidente, a organização decidiu pôr fim à corrida, atribuindo a vitória ao britânico Glenn Irwin (Ducati), que seguia na frente. O pódio foi partilhado com outros dois britânicos: Peter Hickman (BMW), em segundo lugar, e o veterano Michael Rutter (BMW) em terceiro.

O piloto português André Pires não chegou a alinhar na grelha de partida, devido a uma avaria no motor.