Homem barricado em Vila Nova de Poiares

Há registo de um ferido, que terá sido agredido, mas não de reféns.

Foto
No local estão elementos do corpo de intervenção da GNR LUSA/MÁRIO CRUZ/Arquivo

Um homem armado agrediu outro e barricou-se num supermercado de Vila Nova de Poiares nesta quinta-feira, onde permanecia ao início da madruagada desta sexta-feira. Inicialmente foi avançado que se trataria de um assalto, mas duas fontes no local indicaram que o homem se barricou devido a questões relacionadas com a compra e venda de terrenos onde está localizado o supermercado.

Há registo de um ferido, mas não de reféns. Um funcionário de 27 anos terá sido agredido com a coronha da arma e foi retirado do local para receber assistência, referiu ao PÚBLICO fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

De acordo com um cliente que estava dentro do supermercado quando o homem entrou, tudo começou por volta das 17h15. O homem, vestido com “um gorro e um casaco do tipo tropa”, efectuou vários disparos já dentro do estabelecimento, sem atingir no entanto ninguém.

Dentro da loja, para além dos funcionários, estavam nove clientes, descreve ao PÚBLICO. De acordo com outra testemunha que não quis ser identificada, já decorreu um processo em tribunal relativo à questão do terreno. 

Ao local, foram chamados elementos do corpo de intervenção da GNR.