Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha daqui a uma semana

Médico abandonou no mês passado o cargo de director-geral da Saúde.

O antigo director-geral da Saúde esteve 44 anos na administração pública
Foto
O antigo director-geral da Saúde esteve 44 anos na administração pública Miguel Manso

Francisco George toma posse como presidente nacional da Cruz Vermelha Portuguesa dentro de uma semana, numa cerimónia que contará com a presença do primeiro-ministro.

Segundo um comunicado enviado à agência Lusa pela Cruz Vermelha, durante a cerimónia de tomada de posse será feita uma apresentação "sobre o rumo estratégico" para a instituição.

A tomada de posse está marcada para dia 23 de Novembro da parte da tarde, na sede nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, em Lisboa, e contará com a presença do primeiro-ministro e dos ministros da Defesa, do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, bem como do ministro da Saúde.

Francisco George terminou no mês passado a sua carreira de 44 anos na administração pública, 12 deles como director-geral da Saúde.

O Conselho Supremo da Cruz Vermelha Portuguesa elegeu por unanimidade, no passado dia 26 de Outubro, Francisco George como novo presidente nacional, o responsável máximo, da Cruz Vermelha Portuguesa.

A Cruz Vermelha Portuguesa é uma instituição humanitária não-governamental de carácter voluntário e de interesse público, sem fins lucrativos.