Rússia

Na Rússia, a arte tem uma voz e não se vai calar

A Galeria Saatchi em Londres vai inaugurar esta quinta-feira uma exposição sobre a arte como veículo para a liberdade de expressão, agora e há 100 anos: "Art Riot: Post-Soviet Actionism". Foram reunidos vários trabalhos - pinturas, fotografias, vídeos, performances - realizados por artistas russos, entre eles o activista político Petr Pavlensky, e membros do grupo punk Pussy Riot que se tornou conhecido por realizar, em Moscovo, acções de protesto contra o Presidente Vladimir Putin e pela luta pelos direitos das mulheres no país.