A primeira casa com traço de Gaudí abre ao público esta semana

Barcelona tem a Sagrada Família, o Parc Güell e também a Casa Vicens, a primeira grande obra do arquitecto catalão. A 16 de Novembro, há novo local de passagem na cidade espanhola.

Getty Images
Foto
Getty Images

As obras de Gaudí são um dos marcos turísticos de Barcelona. Se está a planear ir à cidade espanhola nos próximos tempos, tem mais um local para acrescentar à rota. A primeira grande obra – a Casa Vicens - com o traço do arquitecto vai abrir portas aos turistas a 16 de Novembro, sendo uma das oito obras do catalão que são reconhecidos pela UNESCO como património mundial.

A Casa Vicens, situada na área de Gracia, perto do Parc Güell, será a última das criações de Antoni Gaudí a ser aberta ao público, depois de ter sido restaurada nos últimos anos para regressar ao estado original. A casa, encomendada pelo empresário Manuel Vicens I Montaner para reproduzir o seu estatuto e riqueza, foi construída entre 1883 e 1889, reflectindo o estilo habitual do arquitecto: colorido e repleto de pormenores.

Os quatro pisos estarão disponíveis para serem visitados, incluindo a sala de jantar, inspirada no mundo animal, e a sala de estar, que parece reflectir o céu. Tudo concepção de Gaudí na sua versão inicial, quando ainda era um "mero" arquitecto em ascensão, com um estilo mais modernista.

Os organizadores do projecto referiram, em Maio, que a casa “mostra a liberdade criativa que se tornaria um cunho de toda a sua obra”. A restauração da Casa Vicens esteve a cargo de três arquitectos espanhóis – José Antonio Martínez Lapeña, Elías Torres e David García -, sendo financiada pelo Mora Banc, instituição bancária de Andorra.

Antoni Gaudí, que morreu em 1926, deixou a sua marca em Barcelona, com edifícios como o Parc Güell ou a inacabada Sagrada Família, acrescentando-se agora mais uma paragem ao mapa de quem visita a cidade. A Casa Vicens abre dia 16 de Novembro ao público e a entrada custa 16€.

Texto editado por Sandra Silva Costa