Couple Coffee levam Fausto ao Paraíso (ex-Garage)

O disco Fausto Food, da dupla Couple Coffee, vai ser apresentado esta quinta-feira em Alcântara no espaço Paraíso, ex-Paradise Garage, com vários convidados. Às 22h.

Foto
Luanda Cozetti e Norton Daiello: os Couple Coffee fotografados para o disco Fausto Food AURÉLIO VASQUES

A dupla constituída por Luanda Cozetti (voz) e Norton Daiello (baixo), que conhecemos por Couple Coffee, vai apresentar o seu disco integralmente dedicado à obra de Fausto Bordalo Dias no espaço Paraíso (ex-Garage), em Alcântara, Lisboa. Será esta quinta-feira, às 22h, e com eles terão vários músicos, de entre os muitos que participaram no disco. Além de Flak (guitarras), Jaume Pradas (bateria) e João Rato (teclados), estarão também André Conde (trombone), José Conde (clarinete baixo), Rúben da Luz (trombone), Uxía, Luiz Caracol e Carlos Blanco (vozes). Será, diz Luanda Cozetti ao PÚBLICO, “um concerto irrepetível.”

Ambos brasileiros, há muito radicados em Portugal, Luanda e Norton gravaram em nome do duo já vários discos: Puro (2005), Co’ As Tamanquinhas do Zeca (2007, este integralmente dedicado à obra de Zeca Afonso, reeditado com dois novos temas em 2014), Young And Lovely, 50 Anos de Bossa Nova (2008) e Quarto Grão (2010). Fausto Food, editado já este ano, dá continuidade a um projecto de fazerem, de anos a anos, releituras de compositores portugueses. O projecto começou com Zeca Afonso e prosseguiu, assim, com Fausto.

O disco abre com um original dos Coffee, Fausto food, uma colagem com “palavras dos títulos das músicas que estão nos discos e com os títulos dos discos de onde foram tiradas as músicas” e integra depois dez temas de Fausto: Uma cantiga de desemprego, Um breve bilhete apenas, Delicadamente p’ra ti, Foi por ela, A explicação das flores, Corações sentidos corações, Rosie, Eu cá sou do midi, Por um bocado da vida e Olha o fado.

No celofane que envolvia a capa do disco, num autocolante, podiam ler-se estas palavras de Fausto Bordalo Dias, que não só autorizou a utilização das suas canções neste projecto como foi acompanhando a evolução das versões: “Magnífico álbum, magnífico instrumental, magnífica voz de Luanda Cozetti.” O concerto no Paraíso é mais um passo na divulgação pública deste disco, que se estenderá a outras salas e iniciativas em 2018, diz a dupla.