Portugal empata na Roménia e complica apuramento

A selecção nacional de sub-21 esteve a vencer, mas permitiu a igualdade aos romenos que lideram o Grupo 8 de apuramento para o Europeu da categoria

Foto
FPF

        Um mês depois de a selecção nacional de sub-21 sofrer em Zenica, na Bósnia-Herzegovina, a primeira derrota em fases de qualificação em seis anos, a equipa comandada por Rui Jorge voltou a não convencer e complicou as contas do apuramento para o Europeu da categoria. Na Roménia, frente à única selecção do Grupo 8 ainda sem qualquer derrota, Portugal apresentou-se desfalcado de jogadores importantes, como Rúben Neves, Renato Sanches ou Gonçalo Guedes, e não conseguiu melhor do que um empate a um golo.

A receita foi a mesma dos dois jogos anteriores (4x4x2), mas sem Gonçalo Guedes a ausência de um jogador fixo na área voltou a resultar num ataque quase sempre inconsequente e perdulário. Com Rafael Leão — esta época marcou cinco golos em nove jogos pelo Sporting B —, Gil Dias e Xadas no banco, Rui Jorge apostou num meio campo de combate (Stephen, do Leixões, fez a estreia a titular) entregando as principais responsabilidades ofensivas a dois jogadores rápidos e de qualidade, mas com “pouco golo”: Diogo Jota e Diogo Gonçalves.

Apesar de os primeiros minutos terem sido de domínio português, a Roménia beneficiou das duas primeiras oportunidades (8’ e 15’). Porém, quando a balança parecia começar a pender para o lado romeno, surgiu um golo “made in Seixal”: aos 16’, João Carvalho isolou Diogo Gonçalves e o extremo benfiquista, solto de marcação na grande área, rematou cruzado para o fundo da baliza de Radu.

O golo tranquilizou a equipa nacional e Portugal podia ter chegado ao intervalo com uma vantagem confortável, mas Diogo Jota, que tem estado em excelente forma no Championship, estava em tarde não: aos 18’ e 35’, o jogador do Wolverhampton desperdiçou duas excelentes oportunidades.

Os números ao intervalo — 58% de posse de bola para os romenos; 5-0 em cantos desfavorável a Portugal — mostravam que o jogo estava longe de estar controlado pela selecção nacional e, na segunda parte, o cenário complicou-se ainda mais para os portugueses. Com passes errados sucessivos, a equipa de Rui Jorge deixou de criar perigo para os romenos e, de forma justa, a Roménia empatou. Aos 66’, perante alguma facilidade concedida pela defesa portuguesa, o médio Dennis Man entrou na área, rematou de pé esquerdo, e a bola, após sofrer um ligeiro desvio, entrou na baliza de Joel Pereira.

Com o empate, Portugal passa a somar quatro pontos em três jogos, enquanto os romenos lideram o grupo com 11 pontos em cinco partidas.