No computador de Bin Laden: dos acordos com o Irão às instruções para fazer crochet

São mais de 470 mil ficheiros divulgados pela CIA. Os documentos permitem conhecer a vida do antigo líder da Al-Qaeda e viajar ao interior da organização terrorista.

Bin Laden foi morto em Maio de 2011
Foto
Bin Laden foi morto em Maio de 2011 Reuters/HO

A CIA divulgou o conteúdo do computador de Osama bin Laden apreendido durante o raide que resultou na morte do líder terrorista, em Maio de 2011. No total, a agência norte-americana revelou aproximadamente 470 mil ficheiros recolhidos no complexo paquistanês onde estava Bin Laden, segundo um comunicado publicado nesta quarta-feira.

São documentos muito diversos – desde o diário pessoal do líder da Al-Qaeda ao vídeo do casamento do seu primogénito, Hamza bin Laden, passando por populares vídeos de comédia disponíveis no YouTube e filmes de Hollywood, os ficheiros encontrados no computador contêm até um vídeo que ensina a fazer crochet.

Os documentos agora tornados públicos centram-se à volta do casamento do filho de Bin Laden, uma vez que estas são as primeiras imagens conhecidas de Hamza bin Laden já adulto. Até agora, as únicas disponíveis eram de Hamza ainda criança, uma vez que as mensagens partilhadas pela Al-Qaeda nos últimos anos o foram apenas em versão áudio. A divulgação mais recente feita pela organização terrorista colocava o rosto do filho mais velho de Bin Laden no World Trade Center, alvo do ataque de 11 de Setembro de 2001. Era, porém, uma imagem de Hazma ainda em criança.

Algumas imagens são difundidas pelo Long War Journal, uma publicação da Fundação para a Defesa da Democracia, organização norte-americana com sede em Washington.

Hamza bin Laden é símbolo de propaganda da Al-Qaeda. Entrou em Janeiro na lista de terroristas com vigilância apertada dos EUA. O seu paradeiro permanece desconhecido.

De acordo com a CIA, os documentos permitem conhecer mais pormenores sobre “a relação entre a Al-Qaeda e o Daesh, bem como os acordos estratégicos, as doutrinas e os problemas que existem dentro da organização terrorista e com os seus aliados”. Do material analisado faz parte a preparação da cerimónia que marcou os dez anos após o 11 de Setembro, os esforços para manter a união entre os aliados do grupo, apesar dos desacordos, e a tentativa de espalhar a sua mensagem através dos media.

Um dos documentos, que terá sido escrito por um importante membro da Al-Qaeda, pormenoriza existência de um acordo com o Irão: a organização terrorista atacaria os interesses dos EUA na “Arábia Saudita e no Golfo [Pérsico]”, recebendo em troca “dinheiro” e “armas” e oferecendo-lhes “treino nos campos do Hezbollah no Líbano”, escreve o The Hill. O acordo não terá sido respeitado pela Al-Qaeda, o que resultou na detenção de vários membros da organização terrorista.

A mesma publicação destaca ainda um diário manuscrito de 228 páginas que contém “pensamentos sobre a Primavera Árabe”, sobre o mundo e sobre o papel da organização terrorista Al-Qaeda.

De acordo com a CIA, no computador de Bin Laden estavam vários filmes “com direitos reservados”. Para além de documentários da National Geographic e de vários títulos de animação, existiam ainda biografias do próprio ou documentários sobre a sua vida. Eis a lista completa:

  • Formiga Z
  • Batman Gotham Knight
  • BBC – Vida Selvagem
  • Biografia – Osama bin Laden
  • Cars
  • Chicken Little
  • CNN apresenta: Os mais procurados do mundo
  • Final Fantasy VII
  • Os Novos Vingadores: Heróis do Amanhã
  • O Paraíso da Barafunda
  • Idade do Gelo 3: Despertador dos Dinossauros
  • Nos passos de Bin Laden – CNN
  • National Geographic: Assassinos Kung Fu
  • National Geographic: Dentro das Bóinas Verdes
  • National Geographic: Predadores em Guerra
  • National Geographic: O Pior Veneno do Mundo
  • A Civilização do Peru
  • Resident Evil
  • Storm Rider – Clash of the Evils
  • O Interior do Kremlin
  • A História da Índia
  • Os Três Mosqueteiros
  • Onde está Osama bin Laden?

Para além destes filmes, foram ainda encontrados vídeos que ensinam a fazer crochet, outros com compilação de imagens de gatos e até o popular vídeo Charlie bit my finger.