A Terra vista do espaço em debate no Pavilhão do Conhecimento

Ao final da tarde desta terça-feira, os desafios colocados às tecnologias espaciais de monitorização da Terra vão estar em discussão em Lisboa.

Foto
NASA

“Observar a Terra: a monitorização do ambiente a partir do espaço” é o tema da próxima conversa Dia C: Desafios para a Sustentabilidade esta terça-feira, 31 de Outubro, às 19h30, no Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva, em Lisboa. Os oradores convidados são o biólogo marinho Marcos Mateus (do Instituto Superior Técnico de Lisboa) e o engenheiro aeroespacial Tiago Hormigo (da empresa Spin.Works).

Este ciclo de conversas é inspirado nos objectivos para o crescimento sustentável das Nações Unidas e a entrada para o debate é gratuita, mediante inscrição. Nesta edição irá conversar-se sobre a observação e a monitorização do nosso planeta a partir do espaço. E para que serve vermos o nosso planeta lá de cima? Essas observações podem ser usadas para a gestão das actividades agrícolas e florestais, para detectar incêndios e outras catástrofes naturais ou provocadas pelos humanos, assim como para a avaliar a segurança marítima e a evolução das alterações climáticas.

“A monitorização da Terra permite decidir em que locais em terra ou no mar são adequados para instalar determinados serviços ou infra-estruturas, bem como avaliar a sua sustentabilidade: exploração de energia ou de minérios, estações de aquacultura, zonas florestais, tipo de culturas”, lê-se no comunicado da agência Ciência Viva. Depois, é possível fazer previsões sobre a evolução desses locais, avaliar os efeitos das actividades nos ecossistemas ou ajudar nas intervenções necessárias. Como sempre, há questões em cima da mesa. Esta é uma delas, refere o comunicado: “Perante estas possibilidades, que desafios se colocam às tecnologias espaciais de monitorização da Terra?”

A última conversa deste ciclo vai acontecer a 30 de Novembro e o tema é “Combater as alterações climáticas: a economia de baixo carbono”.