Cepsa investe 20 milhões para entrar no gás de botija em Portugal

Empresa quer atingir uma quota de mercado próxima dos 24%, semelhante à que tem em Espanha.

CEPSA junta gás engarrafado ao negócio dos combustíveis e lubrificantes
Foto
CEPSA junta gás engarrafado ao negócio dos combustíveis e lubrificantes

A Cepsa vai investir 20 milhões de euros para ser um dos principais fornecedores de gás de garrafa em Portugal, com a meta de conquistar quase um quarto do mercado, adiantou o director geral da Cepsa Comercial Petróleos.

Em declarações aos jornalistas, o director geral de Gás de Petróleo Liquefeito (GPL), Filipe Henriques, adiantou esta quinta-feira que a empresa entrou no mercado de gás engarrafado em Lisboa, Santarém e Porto, em Setembro, estando agora a preparar a distribuição em Setúbal e, no início do próximo ano, alargará a presença ao norte do país.

"Estamos a falar de um investimento que pode chegar aos 20 milhões de euros e o objectivo é ter a mesma quota de mercado que temos no mercado espanhol, o que não se faz de imediato. São anos de trabalho, mas pensamos que no futuro podemos obter uma quota de mercado entre 23 a 24% que é o que temos em Espanha", declarou o responsável.