México

As caveiras saíram à rua no México para antecipar o Dia de Muertos

Reuters/CARLOS JASSO
Fotogaleria
Reuters/CARLOS JASSO

A cerca de uma semana do célebre Dia de Muertos (Dia dos Mortos, em português), milhares de pessoas reuniram-se na Cidade do México para um desfile de homenagem à La Catrina. A figura, criada pelo ilustrador mexicano José Posada, foi replicada através de pinturas nos rostos dos participantes. Este é apenas um dos muitos símbolos usados no Dia de Muertos, que desde 2008 faz parte da lista de Património Cultural Imaterial da Unesco. A celebração desta tradição de origem indígena prolonga-se desde os últimos dias de Outubro até ao dia 2 de Novembro para honrar familiares que já morreram.

Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Reuters/CARLOS JASSO
Sugerir correcção