Andrej Babis vence eleições checas. Oposição contesta

Vencedor das legislativas é um multimilionário acusado de fraude, que nega as acusações. Restantes partidos recusam coligações.

O multimilionário Andrej Babis foi ministro das Finanças até Maio
Foto
O multimilionário Andrej Babis foi ministro das Finanças até Maio Reuters/DAVID W CERNY

Andrej Babis, o segundo homem mais rico da República Checa, ficou à frente nas eleições legislativas deste sábado. Com a contagem dos votos praticamente terminada, a Reuters noticia que o movimento populista de Babis (ANO) conseguiu 30,04% dos votos – mais do triplo que os partidos rivais, que recusam formar governo com o partido vencedor.

Babis venceu apesar de ter sido formalmente acusado num caso de fraude, há duas semanas, facto que não afectou negativamente a sua popularidade.

Em segundo lugar nas urnas ficou o partido Democratas Cívicos (ODS), de centro-direita, seguindo-se o partido de extrema-direita e anti-europeu Liberdade e Democracia Directa (SDP). O actual Governo checo era até agora liderado pelo primeiro-ministro Bohuslav Sobotka, do partido social-democrata CSSD, no poder desde 2014. Obteve nestas eleições apenas 7,2% dos votos.

O líder deste partido e ministro do Interior, Milan Chovanec, reagiu ao resultado afirmando que os sociais-democratas não participaria num Governo que inclua políticos sob investigação judicial. “Não podemos imaginar-nos sentados num Governo com qualquer político que tenha sido acusado”, declarou Chovanec, citado pela Reuters. Também o líder do ODS, Petr Fiala, que ficou em segundo lugar nas eleições, rejeita uma coligação com o movimento populista vencedor.

Babis foi ministro das Finanças até Maio, altura em que abandonou o cargo depois de ser acusado de evasão fiscal e outras irregularidades. O multimilionário, que assumiu uma atitude eurocéptica durante a campanha, nega todas as acusações de que é alvo.

Com 63 anos, Andrej Babis chegou à política relativamente tarde, depois de ter fundado em 2011 um partido chamado ANO (quer dizer “sim” e é a sigla para Acção de Cidadãos Descontentes). O multimilionário tem sido comparado a líderes como o Presidente norte-americano Donald Trump – Babis fez campanha contra a política de acolhimento de refugiados de Bruxelas – ou Berlusconi, já que detém um poderoso grupo de media (que inclui dois jornais, rádio e televisão). A República Checa, membro da União Europeia desde 2004, tem uma população semelhante à de Portugal, de pouco mais de dez milhões de habitantes.