Lewis Hamilton conquista no Texas a 11.ª pole da época

Foto
LUSA/LARRY W. SMITH

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou neste sábado a 11.ª pole position da temporada, pelo que parte domingo à frente para a Grande Prémio dos Estados Unidos, em Austin, onde pode conquistar o seu quarto título mundial de Fórmula 1.

Hamilton, que procura repetir os ceptros de 2008, 2014 e 2015, marcou 1m33,108s, batendo o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) por 239 milésimos de segundo e o seu companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas, por 460.

O piloto da Mercedes somou ainda a 72.ª pole position da carreira, cimentando a liderança do ranking da história da competição, que já alcançou em 2017, ao superar o alemão Michael Schumacher (68) e o brasileiro Ayrton Senna (65).

Para igualar os quatro títulos do francês Alain Prost e de Vettel, no terceiro lugar do ranking de campeões de Fórmula 1, o britânico precisa de vencer a 17.ª corrida da temporada e que o germânico da Ferrari acabe abaixo do quinto posto.

Lewis Hamilton pode ainda isolar-se como o britânico com mais títulos mundiais, deixando para trás Jackie Stewart, se foi segundo em Austin, neste caso se o alemão acabar abaixo do oitavo lugar e se Bottas não ganhar.

Desde que, a partir de 2012, o Grande Prémio dos Estados Unidos voltou ao Mundial, "instalando-se" em Austin, Hamilton venceu quatro vezes (2012, 2014, 2015 e 2016), falhando o triunfo apenas em 2013, ano em que Vettel levou a melhor, num Red Bull.

Na classificação do Mundial de Fórmula 1, e a quatro corridas do final, o britânico, que venceu cinco dos últimos cinco grandes prémios, lidera o campeonato, com 306 pontos, contra 247 de Vettel, segundo classificado, e 234 de Bottas, terceiro.