Marcelo vai condecorar Francisco George

Esta é a segunda condecoração do médico que esta sexta-feira faz a última intervenção como director-geral da Saúde.

Fotogaleria
Miguel Manso
Fotogaleria
Miguel Manso
Fotogaleria
Miguel Manso
Fotogaleria
Miguel Manso

Francisco George, que esta sexta-feira faz a sua última intervenção como Director-geral da Saúde, vai ser condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito, anunciou o Presidente da República.

Por ser "um exemplo de serviço à causa pública", notava a mensagem lida na manhã desta sexta-feira na reitoria da Universidade Nova de Lisboa, Marcelo de Sousa vai atribuir a segunda condecoração ao médico que cessa funções na Direcção-Geral da Saúde, que dirigiu durante 12 anos. Francisco George já recebera das mãos de Jorge Sampaio, em 2006, a condecoração de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

A Ordem do Mérito distingue actos ou serviços meritórios em favor do colectivo, praticados no exercício de quaisquer funções.

Por ter cancelado a agenda pública para esta semana, na sequência dos incêndios deste fim-de-semana, Marcelo Rebelo de Sousa não esteve presente na cerimónia.

Na cerimónia estiveram presentes o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, a presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza, Marques Mendes, Maria de Belém, o bastonário dos Médicos, Miguel Guimarães, e a bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco.