Acordem-me antes de Freddy Adu voltar a jogar

As várias idades do futebol no episódio XIII do podcast Planisférico.

Foto
Onde está o Wally (Adu), versão DC United DR

Se os islandeses têm as melhores celebrações, os ingleses têm os melhores cânticos e nesta jornada da Liga dos Campeões, os do Tottenham foram ao Santiago Bernabéu dizer na cara do Real Madrid que não precisam de Gareth Bale quando têm Moussa Sissoko, e ao ritmo de “Wake me up before you go-go”, dos Wham! de George Michael e do outro tipo (que nunca sabemos como se chama).

Se pensavam que o episódio XIII do podcast Planisférico ia avançar pelos hinos fixes do futebol mundial (lá chegaremos e iremos falar do hino do Moreirense), não. Foi uma introdução musical para falarmos das várias idades do futebol, de Mile Svilar, o adolescente do Benfica, a El Hadary, o quarentão egípcio que vai ao Mundial 2018, passando pela coincidência que “atacou” a selecção de sub-17 do Níger.

Por falar em idades do futebol, Freddy Adu já não é uma jovem promessa e, aos 28 anos, ainda não tem idade para ser uma “velha glória”, mas é isso que ele vai ser neste domingo, a jogar num jogo de “velhas glórias” do DC United na despedida do Robert F. Kennedy Stadium, os primeiros minutos de futebol que ele tem nos últimos anos. Vai dar autógrafos e tirar selfies com os fãs. Nós aqui no Planisférico queremos um de cada. Com dedicatória. Porque Freddy Adu, como diriam os Wham!, põe o “boom boom” nos nossos corações.

O podcast do Planisférico também está disponível no iTunes e nas apps para podcasts. Descubra mais podcasts do PÚBLICO em publico.pt/podcasts.