Homens apoiam mulheres com a hashtag #HowIWillChange

Sexo masculino mostra solidariedade com as mulheres que partilharam a sua experiência de assédio e agressão sexual.

DR
Foto
DR

Nos últimos dias e depois de Harvey Weinstein ter sido acusado de assédio sexual, a hashtag #MeToo tem sido partilhada por mulheres de todo o mundo. Estas experiências de assédio e agressão sexual têm sido divulgadas por mulheres que trabalham em diferentes áreas, da moda ao desporto. Depois desta hashtag se ter tornado viral, chegou a vez de os homens mostrarem-se solidários com declarações a que juntam a hashtag #HowIWillChange (como é que eu vou mudar, em português).

Segundo a revista norte-americana Seventeen, esta solidariedade masculina é importante, para que os homens reflictam nos seus comportamentos e na forma de os mudar.

Por outro lado, pode ler-se que, como o feminismo não é diferente de qualquer outro movimento social, resulta em mudanças mais duradouras caso mais pessoas aderiram, não só mulheres, mas também homens. A revista, defende que é mais propenso a alcançar-se a igualdade de género se os homens apoiarem as mulheres.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações