Justin Trudeau desfez-se em lágrimas ao falar da morte do músico Gord Downie

O vocalista da banda canadiana Tragically Hip morreu, esta terça-feira, depois de lhe ter sido diagnosticado, em 2015, um tumor cerebral terminal.

Foto
Reuters/HANDOUT

Gord Downie, músico canadiano e vocalista da banda Tragically Hip, não resistiu a um tumor cerebral terminal, que lhe foi diagnosticado em 2015 e acabou por morrer, esta terça-feira, aos 53 anos. O primeiro-ministro Justin Trudeau, ao reagir à notícia, recordou o seu “amigo” e acabou emocionado.

“Perdemos um dos melhores de nós”, disse o primeiro-ministro canadiano aos jornalistas. “Gord era meu amigo. Mas o Gord era amigo de toda a gente”, recordou Trudeau antes de se desfazer em lágrimas. “Nós somos menos país sem o Gord”, acrescentou, visivelmente emocionado.

Conhecido pela presença frenética em palco, contando longas histórias no meio das músicas, Downie foi líder da banda Tragically Hip desde os anos 1980 tendo conquistando êxito no mundo do rock clássico e alternativo.

A banda realizou uma digressão de despedida, no ano passado, já depois de ter sido revelado o tumor de Downie.

O músico acabou por se tornar também num dos principais defensores da comunidade indígena canadiana apelando constantemente a uma reconciliação entre o Canadá e os indígenas.

No comunicado em que anuncia a sua morte, citado pela Reuters, a família de Downie disse que o cantor passou os seus últimos dias a fazer música e acompanhado dos amigos e famílias. “Obrigado a toda a gente por todo o respeito, admiração e amor que deram ao Gord ao longo dos anos - essas ofertas carinhosas tocaram o seu coração e ele vai levá-las consigo agora que está a caminha das estrelas”.