Furacão Nate dirige-se para os Estados Unidos

Tempestade tropical matou 25 pessoas na América Central e passou a furacão. Dirige-se este sábado para o Golfo do México

Foto
Na Nicarágua, a então tempestade Nate causou estragos LUSA/JORGE TORRES

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos da América está a preparar-se para a chegada do furacão Nate ao longo da costa do Golfo do México até ao fim deste dia de sábado, depois da tempestade ter aumentado de intensidade e de já ter provocado 25 mortos na América do Sul.

Foi declarado um estado de emergência em 29 províncias, como Alabama, Luisiana e Mississípi, assim como Nova Orleães, devastada pelo furacão Katrina em 2005. 

Ao início de sábado, o furacão da categoria 1 estava a 675 quilómetros a sudeste da foz do rio Mississípi com ventos máximos sustentados de 130 quilómetros por hora, segundo o centro.

O mayor de Nova Orleães, Mitch Landrieu, lembrou que a população já passou por esta situação "muitas, muitas vezes". "Não é preciso entrar em pânico", exortou Landrieu, numa conferência de imprensa.